Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cuidados essenciais na castração de ovinos

Toxinas do Clostridium Tetani podem acometer algumas espécies das áreas tropicais e subtropicais de ovinos, após sua castração feita com ligadura de borracha. Infecta a ferida e encontra condições favoráveis de anaerobiose, que favorecem a germinação dos esporos, até chegar à forma vegetativa.

Fatores que podem influenciar essa infecção incluem tecido necrótico, pus e infecção bacteriana, além de corpos estranhos.

Cordeiros são mais propensos a esse acometimento, após a castração, tosquia ou por injeção de medicamento contaminado.

Apesar de esporádica, essa doença pode acontecer em forma de surtos, atingindo rebanhos inteiros. Os equinos são a espécie mais sensível, seguida de ovinos, caprinos e bovinos. Em ruminantes jovens a taxa de mortalidade pode chegar a 80%.

A necrose tissular é causada pelo C. Tetani, por meio da toxina tetanolisina e tetanospasmina, disseminada por via hematógena, interferindo nos neurotransmissores glicina e ácido gama, comprometendo o sistema nervoso simpático dos animais.

Um surto de tétano pode estar associado à castração de ovinos. Estudos feitos nessa área demonstram que os achados clínicos são similares em todas as espécies, iniciando-se os sintomas com rigidez muscular, tremores e trismo mandibular.

  Fonte:  Ciência Animal Brasileira Adaptação: Revista Veterinária  

Conheça o Curso de Cirurgia em Ovinos

 

Artigos

Clínica Cirúrgica

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2016 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.