Qual o melhor caminho para a obtenção dos valores genéticos de um reprodutor?

Qual o melhor caminho para a obtenção dos valores genéticos de um reprodutor?

Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF

A diferença esperada na progênie (DEP) é considerada, atualmente, o melhor caminho para a obtenção dos valores genéticos importantes na seleção de um reprodutor. A DEP determina a diferença esperada na média performática de futuras proles de determinado touro em relação às médias das proles de outros touros que participam da avaliação, considerando uma ou outra característica.

O método avaliativo DEP pode ser empregado em todas as características, tais como: produção em várias idades, habilidade materna, pesos, etc, mas, apesar da relevância do método, na prática, no Brasil, ainda é difícil fazer o uso do seu índice devido à falta de estrutura e de escrituração, na maioria das fazendas brasileiras.

Há muitas maneiras para se escolher bons reprodutores, quando os processos de seleção, propriamente ditos, não podem ser aplicados. Nesse sentido, animais são testados ou provados, tendo sua progênie avaliada, levando em consideração a produção desejada e se possuem valor genético ou índice de touro determinado, com base no valor fenotípico dos indivíduos. Dessa forma, na DEP, levam-se em consideração os ancestrais, os parentes colaterais ou testa-se a prole do touro.

A necessidade da DEP dá-se pelo fato de o melhoramento genético, baseado na seleção de indivíduos com maior desenvolvimento ponderal, rendimento de carcaça, produção leiteira, melhor conversão alimentar e precocidade sexual, possibilitar o aumento da produtividade, tanto de carne quanto de leite.

Tendo como objetivo a produtividade, o processo de melhoramento genético deve ser acompanhado de uma rigorosa seleção, para que se mantenham no rebanho animais que possam contribuir efetivamente para o aumento da produtividade nas futuras gerações.

Para isso, a seleção e o cruzamento são importantes processos do melhoramento genético. A seleção ocorre com a escolha dos animais que serão pais na geração seguinte e seu principal efeito é o aumento da herança desejável na população, ou seja, escolhendo-se sempre os animais mais produtivos, o rebanho, como um todo, será beneficiado com um ganho genético anual. Por sua vez, o cruzamento a partir do acasalamento entre raças diferentes é um meio importante de se alcançar maior produtividade.

Fonte: CPT

 

 


Conheça o Curso PCR Convencional: da Extração de DNA a análise em eletroforese em gel!

 

 

Veja Também

Comentários

Receba nossas novidades!

Digite seu e-mail:

Curta nossa página

Error ao conectar
Tire suas dúvidas Preencha os campos abaixo