Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Por que esterilizar os instrumentos veterinários de trabalho?

Durante a prática veterinária, manter os instrumentos de trabalho sempre esterilizados e desinfetados é fundamental. Para uma correta esterilização de suas vestimentas, instrumentos cirúrgicos e seringas, procedimento rotineiro na vida do profissional, ressaltamos alguns pontos fundamentais para tal prática.

A esterilização é o processo que buscar eliminar os microrganismos indesejáveis presentes nos instrumentos de trabalho do médico veterinário.

Para a destruição dos agentes contaminantes indesejados, a utilização do calor é forma mais tradicional. Separamos três métodos aplicados mais comumente por profissionais.

Temos a Fervura, onde a água a 100°C é utilizada na prática veterinária no preparo de seringas, agulhas e instrumentos para pequenas cirurgias. Este processo não é uma esterilização como na definição do termo. Mata as formas vegetativas dos microrganismos e vírus em 5 minutos. Boa parte dos esporos também são mortos a esta temperatura, mas muitos dos mais resistentes podem sobreviver à fervura por várias horas.

Outra forma é a esterilização através do Vapor sob Pressão ou Autoclave, quando os esporos mais resistentes são mortos por uma temperatura de 121°C por 15 minutos. A autoclave, que é um cilindro de metal designado para conter vapor sob pressão, é um dos equipamentos essenciais nos laboratórios de microbiologia e salas de operação.

Temos também o método de Vaporização ou Tindalização, que consiste em envolver a colocação dos meios ou condições em vapor fluente por uma hora a cada três dias sucessivos, pois assim, esperando o tempo entre as aplicações do método, permite os esporos germinarem e serem mortos na próxima exposição.

Fonte: Scielo

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Neurologia Clínica em Pequenos Animais

 

Curiosidades

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.