Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

O gato persa é ideal para quem vive em espaços pequenos

A história da raça persa teve início no século XVII, o persa é proveniente de gatos vindos da Pérsia (atual Irão) cruzados com gatos oriundos da Turquia. Em 1871, na Grã-Bretanha, foram expostas as primeiras espécies. Depois, através de criação seletiva (escolha dos melhores exemplares da raça e cruzamentos entre os mesmos) a pelagem foi apurada e foram criados os vários padrões e cores de gatos persas aceitos pelas principais organizações felinas. Existem hoje mais de 100 diferentes combinações de cores para gatos dessa raça, variando desde o branco neve até o malhado (casco de tartaruga).

Os gatos persas são muito procurados por pessoas que vivem em espaços pequenos, como apartamentos, pois seu miado é baixo e pouco comum, além do fato desses animais apresentarem um forte apego ao seu dono.

O gato persa se caracteriza pela pelagem muito comprida e pelo nariz achatado, é provavelmente o gato mais famoso do mundo. O seu comportamento é de um animal tranquilo, sedentário, pacífico e meigo. É extremamente dedicado ao dono, convive bem com crianças, cães e outros gatos. Adapta-se à solidão e não gosta de grande confusão.

A manutenção de sua pelagem é um pouco trabalhosa, sobretudo devido a formação de nós ocorridos devido ao comprimento dos pelos. Devido ao fato de ser muito comprida, a pelagem dos gatos persas é muito delicada. O gato persa possui  pelo denso e sedoso, que deve ser muito bem escovado, diariamente, com um pente de dentes largos. Se for necessário, utilize um pouco de pó de talco (inodoro) para desembaraçar melhor o pelo. Os nós que não se desfazerem com o pente devem ser cortados com uma tesoura, de modo a não evoluírem para novelos que teriam de ser removidos por um profissional.

A escovação diária deve ser introduzida desde cedo para que o animal considere a sua escovagem um prazer. O banho também é muito importante, principalmente na primavera e no verão, época que os persas trocam os pelos. O recomendado é que se faça uma secagem perfeita após o banho. Após enxugar com uma toalha, utilize um secador de cabelo ou um aquecedor, o mais silencioso possível e sem uma temperatura exageradamente alta, de modo a não assustar nem queimar o gato.

A higienização dos olhos dos persas deve ser feita diariamente, devido ao formato especial do nariz, eles são propensos a lacrimejar frequentemente.

Por ser uma raça manipulada desde a sua origem, os gatos persas têm uma saúde frágil e apresentam problemas de saúde característicos, como doenças renais, testículos ocultos, gastroentrites e conjuntivites. O acompanhamento de um médico veterinário e a realização de check-ups regulares, são essenciais para que o peludinho tenha uma ótima saúde. São gatos de difícil reprodução, com baixo número de crias por ninhada e com um parto difícil.

Devido à dificuldade de reprodução e aos elevados custos na manutenção de exemplares saudáveis, a doação de persas não é frequente. Para quem pretende adquirir um persa o ideal é procurar um criador de segurança, dialogue com o criador para adquirir informações sobre a origem do animal. Evite escolher gatos cujos pais sejam parentes (irmãos, pai e filha ou mãe e filho) pois a possibilidade de anomalias genéticas e da presença de algumas doenças é mais elevada.

Evite também comprar o seu persa num criador que tenha várias raças para vender, pois um bom criador dedica-se apenas à criação de uma única raça e não se precipite na hora da escolha do seu novo companheiro.

Fonte: Mundo dos Animais

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Dermatologia em Pequenos Animais 

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.