Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Desordens do trato urinário inferior dos felinos

De acordo com estudos epidemiológicos, a doença do trato Urinário dos Felinos atinge 1% da população de gatos no mundo inteiro.  A DTUIF é uma enfermidade que compreende várias desordens do trato urinário inferior dos felinos.

Sinais de sangue na urina; dor e/ou dificuldade de urinar, permanecer muito tempo em posição normal de micção; urinar muitas vezes ao dia e em pequenas quantidades, urinar em lugares não habituais e obstrução uretral (não conseguem urinar) são sintomas mais comuns apresentados pelos gatos.

O dono deve ficar bem atento à micção do seu gato, pois qualquer alteração pode ser facilmente detectada pelo dono e o tratamento se tornar mais simples.

A doença do trato Urinário dos Felinos pode ser causada por diferentes fatores, entre eles: Alimentação não equilibrada; idade (pode ocorrer em qualquer idade, porém nos felinos com idade entre 2 a 6 anos  é mais comum); sexo (ocorre igualmente em machos e fêmeas, porém o macho pode ter maiores complicações devido o formato da sua uretra e possibilidade de obstrução uretral) ; castração e sedentarismo ( os gatos castrados costumam ser mais sedentários e esses animais podem manifestar a doença com maior frequência do que os não castrados); estresse (qualquer fator de estresse pode desencadear essa doença no animal que tem a predisposição para DTUIF). Como exemplo de fatores de estresse muito comuns na vida dos gatos pode se citar o confinamento, disputa por território, introdução de um novo animal na casa; mudança de ambientes, transporte e viagens e hereditariedade.

Maneiras preventivas podem ser adotadas para evitar que o animal desenvolva a doença:

Em relação à alimentação, os gatos precisam ser alimentados com rações de boa qualidade, bem equilibradas e balanceadas, para evitar a formação de cristais e sedimentos na bexiga.

Os gatos são animais muito higiênicos, e não é aconselhável que dois gatos ou mais dividam a mesma bandeja sanitária.

Devem-se estimular os gatos a ingerir água, pois isso estimula a produção e consequente eliminação de urina.

Como forma de prevenir o sedentarismo e o estresse o recomendado é a estimulação com brinquedos interativos (bolinhas, varinha de pescar e laser).

 Fonte: Cães e Gatos

Autor(a): Dra. Mariana Haddad Cappellanes

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça os Cursos de Nefrologia e Urologia em Pequenos Animais

   

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.