Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Falta de escovação pode causar doenças na boca dos cães

A escovação dos dentes dos cachorros pode até parecer frescura, mas a falta de escovação da boca do seu cachorro pode causar vários problemas, que vão muito além do mau hálito.

A não escovação contribui para a proliferação de bactérias que criam as placas bacterianas e o acúmulo de tártaro. A doença periodontal pode causar ou piorar problemas em outros órgãos do corpo, como infecções no coração, doenças no fígado e nos rins.

Os cães, assim como os humanos, podem desenvolver doenças na boca pela falta da escovação. As periodontopatias ocorrem de duas formas: gengivite e a periodontite, sendo essas as causas mais comuns de infecção oral e perda de dentes em cães.

A gengivite é a inflamação das gengivas, que pode se transformar em periodontite. Os sintomas da gengivite são sangramentos e vermelhidão da gengiva, desconforto e dor, além de dificuldade em mastigar qualquer alimento.

A periodontite é mais grave do que a gengivite, pois é uma infecção que pode se espalhar pelos tecidos e pelos ossos em que as raízes dos dentes se prendem. O comprometimento destes ossos pode levar a perda dos dentes e é irreversível.

A veterinária Adriana de Ricco alerta que os sinais mais frequentes de doença bucal são: mau hálito, vermelhidão e/ou sangramento, dor ao abrir a boca, salivação excessiva e presença de cálculo dental (tártaro).

Os filhotes passam muito tempo roendo o recomendável é oferecer brinquedos mastigáveis ou biscoitos que ajudam a manter todos os dentes limpos.

A veterinária explica que se no início o cachorro não aceitar a escovação, para facilitar o processo, comece com a escova de borracha macia que se encaixa na ponta do dedo que chega mais perto dos dentes do cachorro. A escovação diária é a melhor prevenção.

Quanto antes o cão iniciar a escovação menos problemas ele terá. No caso do animal se opor a escovação é preciso que o dono tenha paciência.

"Uma boa alimentação, com ração seca e ossinhos, ajuda no controle da formação de tártaro, mas nada substitui a escovação", descreve a veterinária.

A avaliação odontológica de um médico veterinário é essencial, e contribui para a longevidade do animal.

 Fonte: Cães e Gatos

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Odontologia em Pequenos Animais

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.