Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Primeiros socorros podem salvar a vida de bovinos

O mercado da bovinocultura está aumentando cada vez mais, tanto se tratando de  gado de  leite quanto gado de corte. Os Bovinos precisam de cuidados especiais para não adoecerem  e gerarem uma alta produtividade. É  necessário um Médico Veterinário para o manuseio do bovino,  acompanhando os estágios da vida do animal e auxiliando  funcionários e responsáveis pela propriedade,  pois  devido ao nível de complexidade e conhecimento detalhado da anatomia e fisiologia do corpo do animal, porém, a observação principalmente do funcionário da fazenda é imprescindível, pois são os mesmos que estão todo o tempo com os respectivos animais, ou seja, são eles que conhecem particularidades de comportamento de cada animal e variações de personalidades. A observação e subsequente anotação de quaisquer anormalidade ocorrida dentro do curral ou outro local em que o animal se encontre, traz um grande suporte para a avaliação e diagnóstico de um veterinário, pois este muitas vezes atende diversas fazendas, não podendo ficar o tempo todo por conta dos animais de uma única. Em um caderno separado para tal fim,  devem ser anotadas informações  de maior confiabilidade possível,  feitas pelos  funcionários da propriedade  para posteriormente  serem passadas para o veterinário propriamente dito.  As principais pautas para a organização desse caderno devem ser:

  • Data de parto;
  • Data de inseminação;
  • Mudanças de lotes;
  • Mudanças na alimentação;
  • Medicamentos ou vacinas aplicadas;
  • Inicio de aparecimento de sintomas de alguma doença;
  • Morte de animais;
  • Outras anormalidades observadas.

Essas anotações devem ser individuais, tendo que cada animal é único e pode desenvolver e necessitar de cuidados separadamente.

Outros pontos que devem ser observados e anotados caso haja alguma anormalidade são:

  • Postura dos animais;
  • Comportamento;
  • Estado nutricional.

Em casos de constatação de alguma anormalidade persistente deve-se contatar o veterinário responsável, porém há situações que exigem ação imediata. Por isso é importante que as pessoas que lidam com esses animais tenham o mínimo de conhecimento para utilização de técnicas primárias que podem salvar a vida dos animais, ou assegurar que haja mais tempo até a chegada do médico veterinário. Existem cursos de "primeiros socorros" que preparam os profissionais para essas situações.

Conhecimentos sobre parâmetros vitais, principais doenças e funcionamento básico do organismo por parte de pessoas que lidam diretamente com o bovino trazem um diferencial à propriedade.

Outro fator muito importante é dar base aos funcionários da propriedade para reconhecerem zoonoses, para que além de auxiliarem no tratamento do animal enfermo, evitarem o próprio contágio.

Fonte: CPT Cursos Presenciais Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Bovinos

    Veja outras publicações da Revista Veterinária: O que é descorna e como realizar Você sabe o que é Auto-hemoterapia? Gato se esconde do frio e acaba entalado em motor de carro    

 

Contador Manual de Células Sanguíneas

Por: R$ 218,00

       

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.