Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cuidados básicos são essenciais para que a saúde e o porte dos equinos sejam protegidos

Alguns cuidados básicos são essenciais para que a saúde e o porte dos equinos sejam protegidos. Além das necessidades básicas, como exercícios e alimentação, o cavalo exige ainda uma atenção especial no que diz respeito à sua limpeza e higienização.

Para a realização da limpeza o recomendado é que se faça a limpeza profunda. A escovação do animal deve ser o primeiro procedimento,  sua pelagem deve ser limpa com uma almofaça (de preferência de borracha), removendo sujeiras e marcas de suor, o processo ajuda ainda a ativar sua circulação sanguínea. A escovação deve ser feita em movimentos circulares anti-horário, começando pela crina, no topo do pescoço, até a cernelha, dorso, garupa e, por fim, a cauda. Já o focinho deve ser escovado com uma cardoa de fios macios, para que seja possível remover toda a sujeira. As orelhas, olhos e narinas devem ser higienizados com uma esponja úmida.

Para desembaraçar os fios da crina e da cauda, pode se utilizar algum produto para facilitar o processo. Especialmente no couto da cauda, uma esponja úmida (à parte) também pode ser usada, exclusivamente, para limpar a região.

Para remover a sujeira das ferraduras os cascos devem ser limpos com o ferro de cascos (Rinetes). A aplicação de óleos também é indicada para garantir hidratação, mas desde que seja orientada por um veterinário.

A pele do cavalo demora dias para repor a oleosidade que a protege, por isso, banhos só devem ser feitos em último caso. No caso de necessidade, o banho deve ser realizado em dias quentes, apenas com água e xampu - destacando produtos específicos, como os xampus com repelente de insetos e para controle de parasitas. O ensaboar deve começar pelas patas e depois, subir para o dorso. Já no enxágue, a água deve ser despejada diretamente do topo e seca com uma toalha.

Para a crina e cauda, deve-se umedecer as partes com o auxílio de uma esponja e depois aplicar os produtos, tomando cuidado com os olhos e orelhas do equino.

É aconselhado, no final da limpeza, massagear o corpo do cavalo com uma luva própria, feita de crina ou couro. A massagem proporciona relaxamento ao animal, completando os cuidados com sua higiene e bem-estar.

Estes cuidados ajudam prevenir doenças e trabalham a favor do controle de carrapatos dos cavalos. Assim, os animais estarão sempre dispostos, o que ajuda evitar prejuízos.

Fonte: Agroline

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Equinos

   

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.