Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

A folia de carnaval chegou e seu cachorro pode participar

O mês de fevereiro é cercado por uma das festas mais esperadas do ano, o carnaval. Época em que todos querem aproveitar as mais variadas ofertas de divertimento, entre elas está a tão esperada viagemem família. Mascomo fazer com o animalzinho de estimação?

Se a família optar em levar ao animal na viagem, vale a pena ressaltar algumas orientações básicas evitando transtornos porém, se os cuidados necessários não forem tomados é melhor que ele fique hospedado em algum hotel canino.

Com o transporte e cuidados adequados é evitado o enjoo, mal estar, inflamação de ouvido e até quedas pelas janelas. O cão deve ser acostumado com antecedência a andar de carro (carregado em pequenos percursos), dentro da caixa própria para transporte ou usando o cinto de segurança canino.

Se as viagens forem em companhias aéreas deve-se ficar atento às normas e exigências que geralmente são a reserva antecipada, atestado de saúde, vacinação em dia e o animal deve estar acomodado na caixa de transporte.

Não é somente os humanos que carregam malas para a vigem, a bagagem do cachorro deve ter uma atenção especial. Alguns acessórios que não poderão faltar são: cama ou manta de dormir, alguns brinquedos preferidos, ração habitual, filtro solar fator30 a50 que deve ser passado nas regiões com poucos pelos, fantasias que devem ser confortáveis evitando calor excessivo. Deve-se ter atenção redobrada na hora dos passeios, verificando se o animal esta com calor e oferecendo água para hidratação, mantendo-os sempre em locais arejados.

Vale lembrar também que, se o cachorro for idoso ou apresentar saúde debilitada é melhor que não faça viagens, evitando algum adoecimento que leve a necessidade de consulta correndo o risco de não encontrar um veterinário. E para aqueles com menos de 4 meses que ainda não completaram a vacinação só viagem caso aconteça algum imprevisto que impossibilite-o de ficar.

Fonte: Informativo BVS-Vet

 Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Farmacologia Clínica em Pequenos Animais

   

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.