Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Orientações que devem ser consideradas na hora da escolha do animal de estimação

Ter um animal de estimação é se doar ao outro. Além de todos os cuidados necessários é preciso amor e dedicação. Escolher entre ter um cão ou gato vai depender do estilo de vida do proprietário que deve se adequar às características e ao comportamento de cada espécie.

Algumas características dos animais podem ajudar na escolha do seu pet. No caso dos cães é a eterna disposição em agradar seus donos e a entrega nas brincadeiras e atividades comunitárias, ótimo companheiro de atividade como caminhadas, frisbee, agility dentre outras. Os cães também podem ser usados como protetor da casa. São carentes e necessitam de maior atenção, e os cuidados com a limpeza são maiores, já que não usam caixa de areia. Por isso o dono deve dispor de tempo.

Em casos de viagens, se não puder levar o cão é recomendável deixar sob responsabilidade de alguém ou em algum hotel canino. Os custos com a alimentação, banho e tosa também são maiores.

No mundo moderno os gatos se adaptam melhor as metrópoles por serem pequenos, silenciosos, necessitar poucos cuidados, além de serem amistosos e curioso, ideal para quem mora em apartamento e não tem muito tempo. A caixa de areia deve ser limpa pelo menos 2 vezes ao dia e os pelos devem ser escovados. Os gatos são independentes, nas horas de brincadeira adoram bolinhas e brinquedos, mas a atividade é menos intensa quando comparado a de um cão.

Também em caso de viagens o felino pode ser deixado em casa se tiver uma pessoa responsável para alimentá-lo e fazer a limpeza da caixa de areia. Esqueça a idéia de deixar em hotéis pois, para eles não há coisa pior que ser retirado do seu ambiente podendo alterar o comportamento e ficar mais agressivo, e em alguns casos, depressivo e não se alimentar corretamente. Instalar redes de proteção nas janelas é necessário, outros acessórios podem ser usados como arranhadores, fontes de água, brinquedos, toquinhas, prateleiras e diversos outros itens exclusivos que auxiliam na saúde do bichano.

Fonte: Cães e Gatos

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Conheça o Curso de Dermatologia em Pequenos Animais

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.