Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cães sofrem com a berneira no verão

A berne causada pela larva da "mosca berneira" (Dermatobia hominis), se desenvolve rapidamente sob a pele do animal hospedeiro.  No verão, devido ao calor e a umidade, a reprodução e aumento de moscas é mais propício.

A infecção se dá por processo diferente do convencional no qual, as moscas põem ovos diretamente no cão. Com a ajuda de espécies diferentes de moscas, a berneira deposita seus ovos sobre a mosca veiculadora que ao posar sobre o animal, depositam larvas que rompem à casca dos ovos se instalando na pele e nutrindo-se de tecido do hospedeiro. Após a infecção, as larvas penetram de um a dois centímetros no animal, um orifício fica aberto para a respiração e se não for retirada nos próximos dois meses, ela cresce causando dor, inflamação e incomodo ao cão. Com o crescimento gradativo a larva amadurece, sai da pele do animal caindo no chão, e se esse for de terra, ela enfurna em forma de casulo e por volta de 45 dias virará mosca.

Quando há contaminação da berne um profissional veterinário deverá ser chamado, apesar de poder ser extraída com as mãos, pressionando o local até a larva sair. O procedimento feito por profissional garantirá segurança e preparo ao lidar com a doença e com o tratamento do cão após a retirada das larvas.

Quando a larva é pressionada e se rompe dentro da cápsula que a mantém no corpo do animal, não há liberação de pus, o orifício irá se fechar pela cicatrização. A larva que ficou no animal, mesmo que morta, infeccionará a área criando um nódulo. O nódulo poderá desencadear em tumores, e só poderá ser retirado com cirurgia.

Para evitar que o seu cão sofra com a berneira cuidados devem ser tomados. Evite deixar o cão em locais com moscas, não acumule lixo mantendo o local onde o cão vive limpo.

Fonte: Cães e Gatos

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Emergências e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.