Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

As doenças que acometem suínos

suinosDentre as várias doenças que acometem os suínos, podemos destacar algumas principais como brucelose, circovirose, doença de Aujeszky, doença de Glässer, doença do Edema, e Enteropatia Proliferativa.

A brucelose também conhecida como doença de Bang, é responsável pela ocorrência de abortos em suínos e alguns casos de infertilidade, pode ser transmitida por três bactérias Brucella abortus, Brucela suis e Brucela melitensis. A doença pode ser transmitida para outras espécies de animais domésticos e também ao homem. Não existe tratamento e o controle é feito através de testes serológicos e eliminação dos animais positivos.

Doença causada por um vírus, o circo vírus suíno PCV tipo 2, da família Circoviridae, um dos menores organismos (vírus) que acometem animais domésticos. A circovirose é contagiosa, resistente ao ambiente e muitas vezes imune à maioria dos desinfetantes convencionais, ataca o sistema imunológico dos suídeos e facilita a entrada de outras enfermidades e causa significativa de mortalidade e alto índice de refugagem entre leitões. Não existe tratamento específico, terapeuticamente as infecções secundárias são combatidas.

A Doença de Aujeszky, é causada por vírus, espalha-se velozmente pelos rebanhos, matando leitões e diminuindo o ganho de peso de animais adultos, também pode provocar abortos e latência.

Caracterizada por poliserosites, envolvendo a pleura, pericárdio, peritônio e também está associada à meningite, artrite purulenta e pneumonia serofibrinosa a síndrome da Doença de Glässer é bem definida. Afeta algumas vezes suínos jovens, associada a fatores estressantes, como desmame, transporte ou presença de outras doenças respiratórias primárias. O tratamento é feito através de antimicrobianos, antibioticoterapia e por vacina.

A Doença do edema é causada pela colonização do intestino delgado por cepas de Escherichia coli enterotoxigênicas, hemolíticas e que possuem habilidade de aderência às vilosidades intestinais. Os leitões lactentes podem adquirir estas cepas da mãe ou do ambiente, sem manifestar a doença entre 2 a 4 semanas após o desmame. Doença de alta mortalidade e ocorre predominantemente na forma de surtos.

A enteropatia proliferativa suína (EPS) é causada pela bactéria Lawsonia intracellularis e leva a perdas econômicas importantes mundialmente, devido à diarréia e baixa taxa de crescimento de suínos na recria e também leva à morte súbita de animais de terminação e reposição (forma aguda).

Fonte: Trabalhos Feitos

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Planejamento e Administração de Suinocultura

   

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

  • Revista Veterinária - 08:22:14 18/08/2017

    Olá!! o ideal que um profissional veterinário avalie sua criação. Pode ser que tenha algum microrganismo sendo responsável por esse problema.
  • Elisângela - 17:52:17 15/08/2017

    Boa tarde algumas porcas paridas,antes de fazer dois meses param de se alimentar ficam só deitadas e morrem você pode me informar que doença e essa?
  • Adalton lacerda - 14:29:59 22/11/2015

    muita febre e lingua rocha

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.