Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Nutrição e alimentação de pets recém-nascidos

pet recém nascido - amamentandoAs primeiras semanas de vida dos filhotes de cães e gatos são consideradas um período de rápido crescimento. Estudos indicam taxa de mortalidade entre 17 a 30% em animais com até oito semanas devida. As causas destacadas para a mortalidade são o trabalho de parto prolongado, falta de cuidado materno adequado, alterações na ingestão de leite e colostro, anomalias congênitas e doenças adquiridas.

Nessa fase da vida é necessário que os animais tenham como exclusiva fonte de alimento o leite materno, pois assim, os filhotes desenvolveram a imunidade passiva, hidratação e nutrientes adequados. Caso haja algum impedimento da alimentação nessa fase, é necessário oferecer suplementação alimentar com leite artificial ou fórmulas caseiras, aproximando-se do conteúdo, consistência e paladar do leite materno.

Após a fase de amamentação, a transição entre a alimentação líquida, semi-sólida e sólida deve acontecer gradualmente, com rações de boa qualidade que ofereçam os nutrientes necessários ao crescimento saudável dos animais.

Fonte: Revista Nosso Clínico

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Técnicas Nutricionais para Cães e Gatos - Aprenda a indicar a ração ideal

Técnicas nutriciomais para cães e gatos

 

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.