Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Células-tronco e seu uso na medicina

celulas tronco na medicina veterináriaComo o avanço da medicina a cada dia são descobertas novas técnicas que objetivam a melhora e, sobretudo a cura de muitas doenças que afetam tanto os seres humanos como os animais. Dentre os vários estudos destaca-se o uso das células-tronco que vem sendo usadas na regeneração tecidual, pois estas possuem características indiferenciadas que as fazem serem capazes de se diferenciar e se especializar em qualquer tecido do organismo animal quando são estimuladas.

As células-tronco podem ser encontradas em embriões, tecidos de fetos e indivíduos adultos, como o cordão umbilical, a medula óssea e o tecido adiposo. As vantagens observadas com o uso de células-tronco se relacionam à qualidade da recuperação da lesão e nos custos. Os tecidos lesionadosse recuperam de forma rápida evitandoa formação de pontos de cicatrização.

Os custos relacionados ao uso das células-tronco são acessíveis, e muitas vezes, o tratamento pode ser mais barato que as técnicas convencionais.

Quais os fundamentos da técnica de PCR?

Como realizar a otimização da PCR?

Como diagnosticar doenças infecciosas?

Fonte: Biotecnologia Animal

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de PCR Convencional: da Extração de DNA a análise em eletroforese em gel

PCR

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.