Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cães com medo de trovão

cachorro triste - novoO período de verão é caracterizado por chuvas fortes acompanhado de tempestades com trovões. Os trovões assustam muitos humanos, mas muitos cães também sofrem com o barulho, eles se assustam e saem correndo procurando um lugar seguro para se esconderem.

Ao contrário dos humanos os cães não sabem de onde vem o barulho do trovão, e assim assustam muito mais.

Se o seu cão se assusta com o barulho dos trovões, acostume-o em um local específico da casa para que ele se sinta protegido, e ainda pode lhe oferecer um brinquedo para que eles se distraiam.

Nessas horas o dono deve manter a calma, pois se o dono também se assustar o comportamento do cão será pior, ou seja, ele ficará com mais medo dos trovões. Se com esses cuidados os problemas não forem resolvidos, o medico veterinário pode ser consultado.

Quais os principais exames e interpretação na área de patologia clinica? Quais os principais exames e diagnósticos laboratoriais? Quer montar seu laboratório? Confira nossos equipamentos!  

Fonte: Ideal Dicas

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Realização e Interpretação dos Principais Exames Laboratoriais em Pequenos Animais

Realizaçao e interpretação exames  dos principais exames laboratorias em pequenos animais

Destaques

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.