Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Miocardiopatia hipertrófica

Os felinos são animais que estão predispostos à hipertrofia concêntrica do miocárdio.É uma moléstia que se apresenta assintomática por longos períodos.

            Posteriormente, com há diminuição da luz da câmara ventricular a função diastólica se altera, e a frequência cardíaca aumenta na tentativa de manter o debito cardíaco normal. Com o aumento da frequência cardíaca há maior consumo de oxigênio e o miocárdio espessado, pode se tornar hipoperfundido.

            Assim, a formação de infartos e a frequência cardíaca alta compensatória, aumenta o risco dos animais terem uma arritmia cardíaca, que se caracteriza pelo aumento do ritmo cardíaco dos animais. Os sinais clínicos da arritmia são franqueza e morte súbita

 

Fonte:  Cursos CPT

Veja também:

Fisioterapia e reabilitação animal

A cardiomiopatia dilatada em cães

Gripe felina

Saúde animal e humana

Artigos

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.