Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Como denunciar maus-tratos contra os animais

Os animais são protegidos pela Lei 9605/98, Lei de Crimes Ambientais, que prevê os maus-tratos como crime que aplica penas. O decreto 24645/34, Decreto Getúlio Vargas, determina quais atitudes podem ser consideradas como maus-tratos, assim qualquer ato que desobedeça a lei pode ser denunciado na Delegacia de Polícia.

            Recomendamos que os casos de flagrante de maus-tratos e/ou que a vida dos animais esteja em risco, a polícia seja acionada pelo 190, aguardando sua chegada no local, até que a situação esteja regularizada.

            A melhor maneira de combater os crimes contra os animais é denunciando que pratica a violência contra qualquer espécie. É necessário que a pessoa que presenciou o ato denuncie, é preciso de testemunhas, fotos e tudo que puder comprovar o citado. Não tenha medo, denunciar os maus-tratos contra os animais, que são seres indefesos, é um ato de cidadania.

 
Fonte: Tudo sobre cachorros

 

Quais os princípios da anestesia geral intravenosa e inalatória em pequenos animais?

Conheça os mais modernos aparelhos e equipamentos da área de Ortopedia em Pequenos Animais.

Quais os procedimentos de urgência em pequenos animais.


 

Artigos

Destaques

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.