Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Luxação de patela em cães

A luxação medial de patela é considerada uma das afecções mais comuns da articulação fêmuro-tíbio-patelar do cão. Geralmente a moléstia acomete os animais da raça toy e miniatura, com predisposição sexual das fêmeas.

A luxação medial de patela tem origem congênita ou traumática, caracterizando-se pelo deslocamento medial da patela em relação ao eixo longitudinal da diáfise femoral. Os fatores etiopatogênicos são muitos, dentre eles temos o deslocamento medial do quadríceps, arrasamento do sulco troclear e deslocamento medial da crista tibial.

A moléstia é classificada em graus de acordo com a severidade do quadro clínico. Os sintomas variam de acordo com o grau da moléstia. O tratamento pode ser cirúrgico ou conservativo, também dependendo do grau da moléstia.

Fonte: Caes e gatos

Quais materiais corretos para cirurgia ortopédica?

Como realizar diagnóstico de afecções ortopédicas em pequenos animais?

 

 

 

 

 

<p style="\&quot;text-align:" justify;\"="">Saiba como melhorar suas técnicas cirurgicas ortopédicas em animais pequenos.

Áreas

Artigos

Pequenos Animais

Para você que quer ser um expert em Cardiologia Veterinária: Este é o caminho do sucesso!
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.