Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cirurgia de descorna em bovinos

A descorna bovina é uma técnica cirúrgica que objetiva evitar o crescimento dos chifres em animais jovens e eliminar os chifres dos animais com maior idade. A cirurgia também pode ser realizada em casos de acidentes com os animais.

As vantagens obtidas com a realização da descorna são: os animais ficam mais mansos, menos medrosos, evita acidentes, facilita o transporte e manejo, melhora a aparência, é possível comportam mais animais em espaço menor, entre outras.

A cirurgia de descorna pode ser realizada por três processos: causticação, ablação e misto. É basicamente um procedimento simples, porém é necessário tomar os devidos cuidados, evitando acidentes e complicações.

A causticação é realizada em animais de cinco a dez dias de vida. É utilizado um bastão de soda ou potassa caustica no lugar em que se encontra o botão do chifre, ao redor é colocada uma camada de vaselina ou graxa, para evitar que o produto entre em contato com o corpo do animal. Em animais com dez a vinte dias de vida é preciso retirar os botões córneos dos chifres, com a ponta da vaca ou canivete previamente desinfetados, e depois passar o bastão.

O processo de ablação é feito em animais com maior idade. Coloca-se na base do chifre, o gume de um escopro, que é uma espécie de formão, depois com o martelo é preciso dar pancadas secas, ao mesmo tempo em que o escopro é mudado de lugar, em torno do botão do chifre e até que este seja retirado. Quando é feita toda a retirada do chifre o local precisa ser desinfetado.

Na técnica do misto os dois processos anteriores são empregados, e um completa o outro. Esse processo é mais utilizado na descorna de búfalos, uma vez que os filhotes desses animais já nascem com cinco a dez centímetros de chifres. 


Fonte: www.ruralnews.com.br

Como reconhecer um animal registrado pela ABCZ através do fenótipo

Saiba mais sobre métodos de avaliação fenotípica sugeridos pelos programas de melhoramento.

Áreas

Artigos

Bovinos

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.