Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Saiba os principais hormônios utilizados na reprodução em bovinos

Com o crescimento das tecnologias e do mercado recorrente o setor terapêutico buscou aperfeiçoar e criar novas classes de antibióticos, anti-inflamatórios, antiparasitários e substâncias hormonais.

Os hormônios utilizados na reprodução de bovinos são substâncias seguras agem em um tipo de mecanismo de ação específica dentro do organismo do animal. Os produtos hormonais possuem substâncias iguais ou que se assemelham a outras substâncias encontradas no próprio organismo do animal. Dessa forma, podemos dizer que os hormônios são produzidos pelas próprias células do corpo.

Vários são os hormônios da reprodução que coordenam o funcionamento do sistema reprodutivo dos animais, sejam fêmeas ou machos.  Como os hormônios são substâncias que agem de forma específica em cada animal, a indicação e o uso adequado dependerá do conhecimento da fisiologia reprodutiva através do exame detalhado do animal que se pretender aplicar a medicação, assim não é indicado o uso de hormônios de forma generalizada.

Dentre os produtos (base química) temos a prostaglandinas indicado para sincronização de cio, tratamento de algumas situações de anestro, promoção da involução uterina pós-parto, melhoria da eficiência dos tratamentos de infecções uterinas. As limitações encontradas no tratamento com essa medicação são a falta de efeito em animais com inatividade ovariana, agem somente em algumas fases do ciclo estral e também é abortiva em todas as fases da gestação.

Outro produto (base química) é o implante de progesterona utilizado na sincronização do cio, tratamento de algumas situações de anestro e cistos ovarianos. Por outro lado, tem efeito pequeno em animais com inatividade ovariana.

O GnRH ou análogos é utilizado para melhorar a fertilidade em programas de sincronização, indução da ovulação e tratamento de cisto ovariano. Não apresenta efeito em animais com inatividade ovariana.

O estrógeno é utilizado na dilatação durante o parto e também para melhorar a fertilidade em programas de sincronização, associados com prostaglandinas ou implantes. Por outro lado atua em vários órgãos genitais podendo causar efeitos indesejáveis e quando utilizado sozinho provoca cio não fértil.

A ocitocina é utilizada como auxílio em contrações durante o parto, mas tem pouco efeito para a expulsão de material do útero logo após o parto.

 

Fonte: www.ebah.com.br

 

 

 

Áreas

Artigos

Bovinos

Destaques

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.