Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Mastite em cadelas e gatas

A mastite se caracteriza pela infecção bacteriana ou fúngica das glândulas mamárias. A transmissão dos patógenos ocorre por via hematogênica ou através de ascensão pelo canal das tetas. A afecção é causada por agentes oportunistas, principalmente Escherichia coli, Streptococcus, Staphilococcus.

A moléstia é frequentemente diagnosticada em cadelas e raramente em gatas, podendo acometer uma ou mais glândulas lactantes, principalmente no período pós-parto ou em fêmeas com pseudociese.

Os fatores predisponentes para o surgimento da mastite são a congestão da glândula mamária, estase do leite, traumatismo e más condições sanitárias. Os sintomas característicos são as glândulas quentes, firmes, intumescidas e sensíveis. Quando a mastite acomete as fêmeas em lactação, o leite fica mais viscoso e de coloração acastanhada, dependendo da quantidade de sangue e exsudato purulento presente.

A mastite pode ser associada a sinais sistêmicos como febre, anorexia e desidratação. Em casos graves podem ocorrer abscessos e necrose das glândulas.

 O tratamento é feito a base de antibióticos, fluidoterapia e aplicação de compressas mornas no local.

 

Fonte: www.cirurgia.vet.ufba.br/arquivos/docs/eventos/16.pdf

 

Entenda a Linguagem Corporal e Comportamento dos Felino.

Técnicas de Administração de Medicamentos (tópico, oral, injetável, etc).

Utensílios e Equipamentos Indispensáveis na Clínica de Felinos.

Áreas

Destaques

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

  • Revista Veterinária - 15:38:45 06/10/2017

    Olá Janaina!O ideal é que procure um profissional da área para avaliar seu animal e te passar as medidas adequadas para seguir.
  • Janainna - 13:54:11 19/09/2017

    Eu tenho uma gatinha , ela está com esses caroços muito grandes nas mamas , pode ser curado com qual antibiótico??? Estou preocupada demais c ela . Ela já tem mais de 10 anos e nunca deu cria .
  • Eduardo Rodrigues da Silva - 09:22:32 25/06/2016

    Tenho um pet , e gostaria de receber folhetos ou por email, informaçãoes veterinarias de doenças de cães e gatos.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.