Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Técnica do gancho: vantagens na castração de pequenos animais

A técnica do gancho caracteriza-se como uma técnica cirúrgica de esterilização que realiza um procedimento pequeno de incisão cirúrgica, por isso a técnica é conhecida como minimamente invasiva, apresentando ferida de 2 a 5 centímetros, enquanto que em outros procedimentos a ferida pode chegar a 15 centímetros.

Neste tipo de procedimentohá redução do tempo cirúrgico, da quantidade de instrumentos utilizados e do tempo de recuperação dos animais, dessa forma a cirurgia torna-se mais barata. A cirurgia pode ser feita a qualquer idade, se for realizada antes do primeiro ciclo ovariano, o caso de neoplasias de glândulas mamárias diminui para menos que 0,5%. O risco aumenta para 8% após o primeiro cio; depois de dois ciclos, sobe para 26%, após dois anos e meio de idade não se tem mais este efeito.

As vantagens observadas na castração de machos pela técnica do gancho são: diminuem o hábito de urinar em todos os lugares; fuga atrás de fêmeas no cio; evita brigas com outros animais; diminui o miado/uivo durante à noite; diminui o odor da urina.

Para as fêmeas as vantagens observadas são: menor risco de tumor de mama, principalmente quando castradas antes do primeiro cio; ausência de comportamentos sexuais; ausência de comportamentos típicos de estro; evita prenhez indesejada; evita a superpopulação; evita o risco de infecção e trauma do coito; evita complicações de gestação e parto; evita infecções uterinas; evita estresse físico e emocional de cio.

A melhor idade para castrar os animais é entre seis e oito meses de idade, mas os animais adultos podem ser castrados sem grandes problemas. Para a castração o filhote deve possuir todas as vacinas e apresentar boa saúde geral.

O pós-operatório tem duração de aproximadamente duas semanas, nesse período o animal operado não deve ser sujeito a grandes esforços. A ferida da cirurgia deve ser mantida limpa e seca.

Fonte: Petclin Veterinária / Animali

Aprenda a utilizar o gancho para OSH. Clique aqui.

Saiba a logística de todo o processo de cirurgias. Veja aqui.

Destaques

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.