Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Vantagens da Hormonioterapia em Éguas

O aumento da eficiência reprodutiva é necessário para o maior aproveitamento e intensificação do ritmo de melhoramento genético dos equinos. A incidência de ovulações varia no decorrer do ano, devidos às influências do fotoperíodo. Assim, a utilização da hormonioterapia aplicada à ginecologia é muito importante no processo reprodutivo.

As éguas são animais poliéstricos estacionais, ou seja, o ciclo reprodutivo é dividido em período de competência sexual, a estação reprodutiva durante a primavera/verão e de incompetência sexual, a estação não reprodutiva no outono/inverno.

A fase antes da estação reprodutiva, ou seja, a transição de primavera (agosto a outubro), as fêmeas começam a ciclar, mas os cios são prolongados e anovulatórios e, na fase que segue a estação reprodutiva, denominada de transição de outono (março a maio), as éguas vão parando de ciclar e os cios tornam-se prolongados e anovulatórios. Depois as éguas entram no período de anestro, que vai de maio a agosto.  

A hormonioterapia oferece vantagens porque aumenta o período de ciclicidade durante o ano, diminui o ciclo estral, aumenta o número de ovulações/ciclo e, consequentemente, de embriões/ciclo, a possibilidade de tornar o ambiente uterino propício ao desenvolvimento embrionário, à indução de parto e abortamento, o auxílio no tratamento de infecções uterinas e a contribuição na utilização de biotécnicas reprodutivas, como inseminação artificial (IA), transferência de embriões (TE), congelamento de embriões, fertilização in vitro (FIV) e vitrificação de embriões.

Fonte:  http://www.cbra.org.br/pages/publicacoes/rbra/v34n2/p114-122.pdf

Saiba como comprar equipamentos veterinários com os melhores preços. Clique aqui!

Exame ginecológico via palpação transretal em equinos. Veja aqui!

Princípios da criopreservação de sêmen. Clique aqui!

 

 

Destaques

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.