Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Criptorquidismo em equinos

Os testículos se desenvolvem dentro da cavidade abdominal e depois eles se deslocam para escroto onde ficam alojados. Quando um dos testículos, ou ambos, não desce para o interior do escroto o animal passa a ser considerado criptorquídico, sendo a criptorquidia unilateral a mais comum.

A descida dos testículos nos cavalos ocorre por ocasião do nascimento, mas sendo considerada normal para esta espécie a deiscência até os dois anos de idade. 

Os cavalos criptorquídicos unilaterais apresentam as mesmas características sexuais secundárias de um garanhão. Estes animais apresentam sêmen com características normais com exceção da densidade espermática. A produção de testosterona fica mantida normal, porque mesmo na posição abdominal, a atividade glandular do testículo retido fica mantida.

Os animais criptorquídicos devem ser castrados, porque está é uma condição genética. Os médicos veterinários devem escolher a melhor técnica de castração para cada situação de criptorquidismo.

 

Para castração nesses casos às vezes o animal vai ser submetido a cirurgias e a utilização de anestesias é essencial. Saiba mais.

Fonte: Institutounipac

Áreas

Artigos

Clínica Cirúrgica

Clínica Médica

Equinos

Notícias

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.