Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Ruptura do ligamento cruzado cranial em cães

Os ligamentos cruzados são estruturas encontradas na articulação do joelho e que ajudam na estabilidade desta articulação. São encontrados os ligamentos cruzados cranial e caudal. O ligamento cruzado cranial está diretamente relacionado ao movimento articular, sendo ele o responsável por limitar a rotação interna e consequentemente a hiperextensão do joelho.  

O ligamento pode sofrer uma ruptura completa ou parcial. Quando na ruptura completa a articulação apresenta-se instável, enquanto que na parcial a instabilidade é secundária. Em ambos os casos, as articulações exibem em pouco tempo alterações degenerativas. O ligamento cruzado cranial é o mais acometido enquanto que a ruptura do caudal está associada à ruptura do cranial.

Os animais mais susceptíveis a esta patologia são os cães de raça grande e jovens, e geralmente ocorre a ruptura durante o exercício. A forma mais comum de ruptura do ligamento cranial é por meio da rotação súbita da articulação do joelho, levando a uma torção dos ligamentos sobre si mesmos ou um sobre o outro.

Na clínica veterinária, o diagnóstico de ruptura do ligamento cruzado advém de uma anamnese consistente e minuciosa onde existe queixa de claudicação associada a exame clínico que mostra movimentação anormal da tíbia em sentido cranial, associada à efusão articular.

Os Médicos Veterinários que trabalham com a clínica de pequenos animais devem estar atento ás técnicas de diagnóstico assim como as técnicas cirúrgicas de reparação dos ligamentos.

 

Veja dicas de ortopedia em pequenos animais e aprimore seu conhecimento nessa área que vem crescendo no mercado. Clique aqui.

Fonte: Scielo

Áreas

Clínica Cirúrgica

Clínica Médica

Notícias

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.