Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

O ciclo estral das vacas

Compreender o Ciclo Estral das vacas, ou seja, quando a fêmea se encontra apta e receptiva sexualmente, é o primeiro passo para garantir um bom programa de reprodução de um plantel bovino.

Quando não ocorre fecundação, o tempo aproximado médio entre os dois cios é de 21 dias. Dentro deste período, o produtor deverá se programar para promover o período de monta de um ou mais animais.

O Ciclo Estral é composto por duas fases, a folicular, para a ovulação e a luteínica, onde é formada a progesterona, responsável pela manutenção da gestação.

Todo o processo do ciclo estral é basicamente regulado pelos hormônios GnRH, FSH, LH, estradiol e progesterona. Cada um cumpre uma importante função neste processo, em que a vaca apresenta as características necessárias para a monta, tais como: mucosa vaginal intensificada e cavidade elástica, tranquilidade durante a monta, diminuição do consumo alimentar e da produção de leite, dentre outras.

Para mais detalhes consulte um médico veterinário especialista sobre o tema, com vistas à garantia de um efetivo projeto reprodutivo ou de controle. 

 

As técnicas de melhoramento genético se encaixam bem dentro desse contexto, sendo ainda acompanhado por equipamentos sofisticados. Veja aqui.

Fonte: InfoEscola

Áreas

Bovinos

Notícias

Reprodução

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.