Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Úlcera de córnea em cães e gatos

A úlcera de córnea em cães e gatos, também conhecida popularmente como ceratite ulcerativa, é um problema ocular recorrente registrado nas clínicas especializadas no atendimento de pequenos animais.

Trata-se de uma lesão que pode ter características variadas, sendo que alguns animais possuem maior predisposição do que outros em virtude das características mais expostas do globo ocular.

A origem da enfermidade pode ter motivos variados, como brigas, uma simples coceira quando o olho está irritado, infecção, dentre outros fatores.  

Há ainda animais que tem dificuldades naturais para fechar a pálpebra, o que causa maior ressecamento, e, portanto, maior predisposição para tais ocorrências. 

Os sintomas mais comuns destas úlceras são o simples fato do animal não conseguir fechar os olhos direito, ou piscar demasiadamente, lacrimejar, além de vermelhidão e secreções acentuadas.

O diagnóstico desta enfermidade pode ser realizado através da análise visual do profissional capacitado, que ainda pode lançar mão de recursos como a fluoresceína, uma espécie de corante que destaca a área lesionada, confirmando a úlcera.  

Já o tratamento mais comum para estes casos passam pelo uso de antibióticos e anti-inflamatórios, via colírios, com amplas possibilidades de recuperação do paciente.

Essa e outras situações contam com total cautela e destreza dos profissionais envolvidos. Sendo que um bom atendimento faz toda diferença no diagnóstico e tratamento do animal.

Seja você o profissional que o mercado procura!

Saiba agir em situações emergenciais com pequenos animais. Confira.

Fonte: Equipe Revista Veterinária

Áreas

Clínica Cirúrgica

Clínica Médica

Curiosidades

Cursos

Destaques

Notícias

Parceiros

Pequenos Animais

Tecnologias

Zootecnia

Para você que quer ser um expert em Cardiologia Veterinária: Este é o caminho do sucesso!
Deixe seu comentário:

Comentários

  • Revista Veterinária - 09:21:30 29/05/2018

    Olá Mônica.. Infelizmente não podemos ajudar. O ideal mesmo seria uma avaliação do oftalmologista para conclusões certas sobre o problema.
  • Mônica - 23:12:34 27/05/2018

    Meu gatinho teve úlcera corneana viral que pegou no gatil. Com quase 5 meses fez um procedimento “cirúrgico” e começou o tratamento com colírios como Zymar, Systane e Idoxoridina. Já estamos há 9 meses fazendo esse tratamento e agora parece que “estacionou”. Lesão não há mais, mas está difícil do olho ganhar transparência. Parece que o oftalmo está sem opções. Alguma dica? Obrigada desde já.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.