Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Displasia coxofemoral em cães

Um problema que atinge animais de diferentes idades e raças de todo o mundo, ocasionando o comprometimento dos movimentos das patas traseiras, por conta da falta de movimento nas articulações que são ligadas a cintura pélvica.

A displasia coxofemoral em cães é uma enfermidade que se for devidamente tratada, pode fazer com que o animal tenha uma vida ativa, embora as dores sejam constantes.

Também conhecida como “descadeiramento”, a doença pode ter origem variada, ou seja, devido a fatores hereditários, com o animal manifestando a doença logo nos primeiros quatro meses de vida.

A doença pode ser também adquirida através de esforços, peso excessivo, acidentes, pisos muitos lisos, o que faz o animal forçar mais a região para permanecer de pé, dentre outros. 

Os sintomas mais comuns apresentados pelos animais portadores desse problema são a manqueira, dificuldade para levantar e realizar atividades físicas, rigidez das articulações, dentre outras.

O diagnóstico será confirmado através de testes realizados pelo profissional da medicina veterinária, que solicitará, ainda, exames de raio-x para comprovação.

O tratamento vai depender da situação do paciente, sendo que geralmente varia entre cirurgia, medicamentos específicos e fisioterapia. 

As terapias alternativas também são boas opções, como a acupuntura, que pode ajudar a amenizar as dores. Neste caso, porém, são apenas paliativos.

Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, melhor as opções de tratamento disponíveis. Conheça o aparelho de raio x digital que é mais utilizado. Clique aqui.

Fonte: Blog do Cachorro

Áreas

Clínica Cirúrgica

Clínica Médica

Notícias

Parceiros

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.