Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Reações que demonstram que seu animal se sente solitário

Em virtude da correria do dia a dia e das atribuições, muitos donos acabam deixando estes animais esquecidos. Ter um pet, portanto, inclui a necessidade de atenção, carinho além de cuidados alimentares e veterinários, pois somente assim o animal terá de fato qualidade de vida.

Passar um tempo com eles e se dedicar é fundamental para que o animal não se sinta isolado e também estressado. Caso contrário, ele poderá manifestar reações diversas. A primeira delas, por exemplo, é o comportamento destrutivo. Ele pode passar a comer portas, objetos, sapatos, como forma de chamar a atenção para a sua angústia.

Outro comportamento bastante comum são os latidos e uivos de forma repetitiva e as vezes durante todo o dia. Além de ser também uma forma do animal manifestar sua insatisfação, pode também gerar muitos incômodos para os vizinhos.

A terceira característica comum de cães solitários é a alteração das necessidades fisiológicas do animal, ou seja, ele passa a urinar e a defecar onde bem entende. Caso isso ocorra principalmente quando o dono estiver fora, este é um sinal claro de que o animal está de fato insatisfeito com a solidão.

Como quarto comportamento mais comum, podemos citar a apatia e o cansaço. Se o animal não possui nenhuma doença e apresenta tais características, pode ser também um indicio de que está depressivo ou estressado, em virtude destes abandonos.

E por fim, se o cão sempre foi tranquilo, e agora apresenta sinais de agressividade, é preciso levá-lo a um veterinário, pois há doenças que despertam este comportamento. Caso ele não esteja doente, há grandes chances que isso esteja relacionado à solidão, separação ou isolamento.

Profissionais, vocês devem estar sempre preparados para atuar com diversas situações com pets, por isso é cada vez mais necessário a estruturação do seu consultório com equipamentos de ponta. Confira.

Fonte: Portal do Dog

Notícias

Parceiros

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

  • Maria Lucia - 15:42:58 24/11/2017

    Isso é muito triste mesmo!gosto muito de animais , estou até criando um blog sobre comida natural para cachorro.http://mydogfit.com

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.