Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Informações sobre a Hemorragia Interna em Cães

Hemorragia é o termo utilizado para o extravasamento de sangue dos vasos sanguíneos quando ocorre em maior quantidade e de maneira incontrolada. Geralmente ela evolui para um caso de hipovolemia e se não tomadas medidas corretas e imediatas, pode levar o paciente à morte.

De uma maneira geral a hemorragia pode ser divida em dois tipos:

-Hemorragia externa;

- Hemorragia interna.

Por que a hemorragia interna é mais grave?

A hemorragia interna é tratada como mais grave, pois o local que ocorre a perda de sangue não é visível, não se sabe ao certo se é um órgão ou alguma estrutura interna do corpo do animal. Este fator colabora com o diagnóstico mais demorado e tratamento mais invasivo.

Quais as causas da hemorragia interna?

As causas mais comuns da hemorragia interna em cães são traumas mecânicos como: atropelamentos, agressões físicas e outros tipos de acidentes. Outras doenças hemolíticas podem agravar a situação, por exemplo, a erliquiose (doença do carrapato) ou a babesiose.

Como o organismo responde a hemorragia interna?

A primeira reação do sistema cardio-circulatório à perda aguda de sangue é um mecanismo compensatório, que ocasiona imediatamente vasoconstrição cutânea, muscular e viceral, que mantém a quantidade de sangue suficiente para o funcionamento dos órgãos vitais como rins, coração, cérebro e pulmão.

Quais os sinais?

Um sinal comum é a taquicardia, que atua no aumento do débito cardíaco aumentando a pressão e, consequentemente, a velocidade que o sangue passa pelos vasos.

O grande problema desse mecanismo compensatório é a evolução para um choque hipovolêmico.

Para se fechar um diagnóstico preciso de hemorragia interna em cães o paciente deve apresentar:

-Pulso fraco;

-Pele fria;

-Sudorese;

-Mucosas pálidas;

-Sede intensa;

-Tontura.

É importante salientar que a anamnese do paciente é indispensável neste caso, para avaliar todo o processo de evolução do quadro.

Tratamento da hemorragia interna em cães

O tratamento da hemorragia interna em cães, na maioria das vezes é o processo cirúrgico, o médico veterinário vai diretamente ao local e faz a reparação da lesão, dependendo da quantidade de sangue perdida, o veterinário indica também a infusão de sangue por via parenteral.

Esse necessário que o profissional que esteja atuando no atendimento desses casos esteja apto, já que não é um assunto simples e coloca em risco a vida do animal.

O investimento em conteúdo e capacitação é essencial para garantir a tranquilidade e eficiência, por isso trouxemos para você algumas dicas:

- Técnicas de diagnósticos da hemorragia interna

- Técnicas cirúrgicas em pequenos animais

Fonte: Meus Animais

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Cirurgias em Pequenos Animais

 

Clínica Cirúrgica

Cursos

Destaques

Notícias

Parceiros

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

  • Revista Veterinária - 08:49:33 27/10/2017

    O ideal é que leve o seu cão para uma consulta com o médico veterinário. O profissional irá avaliar a situação do animal e indicar o melhor caminho a seguir.
  • ana ezileide - 23:34:02 19/10/2017

    dei a metade de uma nimesulida para meu cachorro ele ta vomitando sangue o que faço

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.