Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Detalhes sobre a oncologia veterinária

A oncologia veterinária é a especialidade que trata do câncer ou neoplasia maligna nos animais. Assim como em humanos, cães e gatos também correm o risco de desenvolver a doença. Por isso, ao longo dos anos a especialidade avança cada vez mais para cuidar dos pets que sofrem com esse mal.

Mesmo que haja uma série de fatores que podem ocasionar a doença, em grande parte dos casos, os motivos de seu surgimento são:

- Genética;

- Idade avançada;

- Diversos tipos de mutações sofridas;

- Animais já debilitados por alguma outra patologia.

Outro fator desencadeador do câncer é a exposição dos animais à elementos externos como o sol e produtos químicos diversos. Portanto, manter os pets afastados dessas condições e realizar a castração (tanto em machos quanto em fêmeas) é uma excelente tentativa de prevenção.

Tipos de câncer mais comuns tratados pela oncologia veterinária

Entre os principais tipos de câncer que se desenvolvem em pequenos animais está o câncer de mama, de fácil diagnóstico, pois se trata de nódulos nas glândulas mamárias e está relacionado ao fato do animal não ser castrado, ou ter passado pelo procedimento tardiamente.

Os tumores cutâneos manifestam-se internamente ou na pele, eles são bem mais comuns em animais despigmentados. Já o câncer de pele, também corriqueiro, é desencadeado em função da exposição frequente ao sol em cães e gatos com pouca melanina, com a pelagem clara.

Dentro dos principais tumores, não podemos deixar de fora os hematopoiéticos, que atingem as células formadoras de tecido sanguíneo, gerando linfomas e leucemias nos animais.

Os tipos de câncer não se esgotam por aqui, sendo que cabe a você, médico veterinário, analisar os sinais. Veja a seguir os principais indícios que o pet não está bem.

Sinais do câncer em pequenos animais

Cada tipo de câncer pode se manifestar de formas diferentes, no entanto entre os principais sinais podemos destacar:

- Apatia;

- Manchas;

- Diarreia e vômitos;

- Aumento da massa abdominal;

- Perda de peso sem motivo aparente;

- Dificuldade para respirar, comer e engolir;

- Nódulos aparentes e relativamente palpáveis;

- Sangramentos espontâneos nas fezes, urina ou outros orifícios do animal.

Sem dúvida a realização de exames é a melhor maneira de detectar com precisão estas enfermidades. É sobre isso que abordaremos no próximo item.

Diagnóstico e Tratamento

Assim como quase todas as doenças, quando tratado inicialmente o tumor tem cura. Por isso, é importante que o animal tenha um acompanhamento periódico e quando alguma anomalia for encontrada é importante levá-lo ao profissional especializado em oncologia veterinária para verificar o problema.

O diagnóstico consiste basicamente na observação dos sinais, exames de imagem como a ultrassonografia que facilita tanto a identificação dos tumores quanto a descoberta precisa do órgão afetado. Dentro do fechamento clínico, há também a realização da biópsia dos tecidos ou células que formam o tumor.

Já para o tratamento existem duas formas principais na oncologia veterinária:

Curativo: que consiste na cirurgia para remoção do tumor e procedendo com tratamentos alternativos como a quimioterapia, eletroquimioterapia e a radioterapia. Outra maneira de tratamento é a crioterapia que consiste na utilização do frio extremo como forma de terapia.

Paliativo: uma abordagem para o tratamento crônico da doença, ou seja, o tumor já está em um estágio mais avançado. Neste tratamento, não há possibilidade de cura. Então, apenas são aplicados cuidados com animal para aliviar seu sofrimento.

A escolha dos métodos para o diagnóstico e tratamento correto é fundamental. Dessa forma, sua qualificação para realizá-los é extremamente importante.

Médico veterinário, você está preparado para atender um paciente com indícios de câncer?

Tenho certeza que esse é o diferencial perfeito para você se destacar ainda mais na carreira profissional, veja essas dicas de sucesso:

Cirurgias em Pequenos Animais

Ultrassonografia em Pequenos Animais

Fonte: Cachorro Gato

Clínica Cirúrgica

Cursos

Destaques

Notícias

Pequenos Animais

ULTRASSOM VETERINÁRIO: 10 Técnicas de Diagnóstico em Pequenos Animais
Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.