Aumente seu conhecimento no mundo Veterinário

Junte-se a milhares de apaixonados por animais. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

O que é ser responsável técnico em veterinária

O Responsável Técnico em Veterinária (RT) é o profissional que está encarregado por zelar pela qualidade de empresas, fábricas, criatórios e demais atividades que criem, manipulem, prestem serviços ou comercializem produtos de origem animal ou destinado aos animais.

Além disso, o técnico em veterinária utiliza todo seu conhecimento e embasamento legislativo para ser uma espécie de tutor do consumidor, cujo a principal função é treinar e orientar preventivamente tanto funcionários quanto empreendedores. Então, por atuar na prevenção como melhor forma de correção, por muitas vezes esse profissional acaba contrariando o próprio empregador.

Para resumir, esse profissional faz um trabalho bem parecido de um fiscal, atuando como um agente da vigilância sanitária. E você, médico veterinário, se interessou pela área e quer saber o que precisa para atuar nela? Continue lendo esse artigo que trataremos sobre o assunto no próximo tópico.

O que preciso para ser um responsável técnico em veterinária?

Diversas empresas são obrigadas por lei a terem entre seus colaboradores esse profissional. Mas, para quem quer seguir carreira na área algumas competências são fundamentais, como por exemplo:

- Formação adequada na área;

- Estar inscrito no conselho de classe;

- Ter junto ao conselho de classe a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica);

- Observar todos os detalhes que possam alterar o resultado final na atividade do seu empregador;

- Conhecer a fundo tanto a atividade na qual está trabalhando quanto a legislação vigente a ela.

O técnico em veterinária deve trabalhar em concordância com os órgãos de fiscalização e controle de endemias. Isto é, executando ações de vigilância sanitária e epidemiológica.

Quais as responsabilidades da profissão?

O fornecimento de produtos inadequados ao consumo é de responsabilidade do técnico em veterinária e do fornecedor também. Porém, a maior parcela de culpa é do profissional, pois sabendo da inadequação poderia ter impedido o risco.

Ainda mais, é de sua responsabilidade realizar cursos de capacitação de pessoal, procedimentos preventivos e corretivos para as situações encontradas na empresa.

Logo após, saber de tudo isso você deve estar se perguntando se atuar na área compensa financeiramente, não é mesmo? Bom, é sobre isso que abordaremos em seguida.

Ser técnico em veterinária é uma boa opção?

Para você, médico veterinário que quer aumentar sua lucratividade, ser responsável técnico em veterinária é uma excelente opção. Aliás, quando são respeitadas as normativas do conselho, uma das principais vantagens de atuar no setor é a alta rentabilidade.

Fora que o profissional que atua nesse setor tem a carga horária reduzida se comparada às demais áreas da medicina veterinária e a possibilidade em trabalhar em mais de um local. Todas essas vantagens faz com que muitos profissionais tenham o desejo de atuar nesse setor.

E você, quer saber mais informações sobre o mundo da veterinária? Se cadastre na nossa newsletter!

Ou acesso o blog do nosso parceiro: CPT Cursos Presenciais

Fonte: Vet da Deprê

Cursos

Destaques

Notícias

Parceiros

Deixe seu comentário:

Comentários

Esta publicação não possui comentários.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo Veterinário gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Veterinária. Todos os Direitos Reservados.