Afecções mais comuns nos cascos dos bovinos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os cascos são importantes para o sustento do peso e equilíbrio do animal. A falta de cuidados e negligência tem sérias consequências como, por exemplo, as doenças infecciosas e parasitárias.

A atenção periódica a estes locais pode evitar muitos prejuízos, já que a região, quando debilitada, compromete consideravelmente o desempenho do animal.

Entre essas afecções podemos citar como exemplo:

 – Dermatite Digital, principal causadora de claudicação em bovinos. Possui sua origem atrelada a diversos fatores, como falta de higiene, sobretudo em animais criados em ambientes fechados e úmidos. Possui germes em sua formação e é contagiosa. O problema começa com uma lesão pequena, que tende a aumentar. Já o tratamento passa pelo uso de antibióticos no local, bem como cirurgia, dependendo do grau da doença.

– Coronite Parasitária, é causada por um parasita, que atinge a região interdigital, causando inflamação. É mais comum em períodos secos e quentes. O tratamento mais comum para este caso passa pelo uso de soluções antiparasitárias.

Enfim, estes são apenas dois exemplos de afecções que afetam os cascos dos bovinos. Se aprofundar sobre o conhecimento de outras enfermidades similares, bem como suas características e tratamentos, é o dever de todo profissional que busca o sucesso e reconhecimento.

Aprenda a reconhecer todos os sinais clínicos apresentados pelo animal e quais procedimentos podem ser aplicados na prevenção dessas patologias.  Confira.

Fonte: Rehagro

Veja mais notícias sobre a medicina veterinária bovina e fique por dentro dos principais assuntos. Clique aqui.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 25 de janeiro de 2017

Artigos Relacionados com Bovinos: