Alzheimer em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

alzheimer em cãesOs casos de Alzheimer em cães vêm aumentando de acordo com o aumento da expectativa de vida. O Alzheimer é caracterizado pela disfunção cognitiva onde os animais passam a não conhecer os seus donos e muitas vezes podem ficar agressivos.

A doença se manifesta geralmente a partir dos sete anos de idade, não existe um exame específico para identifica-la, a disfunção cognitiva costuma assustar no início, pois muda o cotidiano de cães e donos.

Os sintomas mais frequentes são, desorientação do cão (envolve momentos de agitação e/ou de sonolência), redução de atividade física, mudanças no padrão do sono, perda de memória visual e alteração nos hábitos de higiene.

O tratamento inclui o uso de medicação e alteração na dieta, os donos devem optar por rações ricas em antioxidantes que auxiliam no combate aos radicais livres e, por sua vez, combatem o envelhecimento.

Mas, como tumores cerebrais e alguns distúrbios endócrinos também podem provocar mudanças comportamentais semelhantes ao Alzheimer, é importante orientação do médico veterinário para que possa ser feito o diagnóstico adequado.

Como realizar o diagnóstico doenças neurológicas?

Como realizar o diagnóstico com auxílio de exames laboratoriais direcionados?

Quais os sinais clínicos das alterações telencefálicas?

Fonte: Cães e Gatos

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Neurologia Clínica em Pequenos Animais

neurologia clinica em pequenos animais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 14 de maio de 2014