Caracterização da leishmaniose visceral canina

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Leishmaniose Visceral Canina (LVC)A leishmaniose visceral canina (LVC) é causada pela Leishmaniasp, é uma doença de grande importância, uma vez que, pode levar os cães e os seres humanos à morte. A doença é dividida em quatro estágios.

No primeiro estágio da doença o animal acometido apresenta linfoadenopatia discreta ou dermatite papular, essa fase é considerada discreta.

            O segundo estágio é considerado a fase moderada, além dos sintomas apresentados no primeiro estágio, o animal acometido sofre de dermatite exfoliativa difusa, onicogrise, epistaxe, ulcerações, anorexia, e consequente perda de peso.

            O terceiro estágio é considerado grave. Nessa fase os animais acometidos apresentam lesões em decorrência da deposição de imunocomplexos(vasculites, artrites, uveite e gromerulonefrite), além dos sintomas anteriores.

            O quarto estágio da doença é considerado muito grave, os animais acometidos apresentam trombo embolismo pulmonar, síndrome nefrótica, estágio final de doença renal e os sintomas anteriores. Nesse estágio o tratamento pode não ter mais efeito, devido às lesões crônicas.

            Observado qualquer sintoma o médico veterinário deve ser procurado, pois quando mais rápido se inicia o tratamento, maiores chances de cura há entre os animais acometidos.

Como ocorre o tratamento das principais arritmias na emergência?

Qual a importância do eletrocardiograma na emergência? 

Shop Veterinário: Tudo para o médico veterinário.Confira!

 

 

Fonte: Revista Nosso Clínico

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Conheça o Curso de Emergências e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

emergencias e protoatendimento em caes e gatos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 3 de julho de 2014