Como atender animais silvestres em clínicas de pequenos animais?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

animais silvestresHoje os animais ganharam espaço nos lares das famílias, bichos como cães e gatos são comuns, porém estes necessitam um ambiente maior como casas com quintais, já que em muitos apartamentos ter esses animais é proibido ou até mesmo o espaço disponível impossibilita que a família opte por algum desses animais de estimação.

Assim, com redução dos espaços e a crescente verticalização das moradias, é cada vez mais comum às pessoas criarem animais não convencionais em suas casas, pois estes precisam de espaços menores, além de ser de fácil manejo e manutenção.

Animais silvestre ou exóticos já fazem parte de muitos lares a muito tempo, alguns registrados devidamente pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais renováveis), órgão responsável pelo meio ambiente, que cuida da preservação, controle, fiscalização e conservação da fauna e flora, além de realizar estudos sobre o ambiente e conceder licenças ambientais para empreendimentos que levem a impactos na natureza.

O amor e cuidados por esses animais são os mesmos destinados aos animais domésticos de estimação, os donos se preocupam com a saúde, alimentação, manejo, entre outros cuidados que devem ser oferecidos aos bichos. Assim, é cada vez mais frequente a presença destes na clínica de pequenos animais, devendo o médico veterinário estar preparado para fornecer as orientações corretas de manejo, ambiente de criação, nutrição, biologia, entre outros. Além de saber abordar, conter, examinar, tratar e manter internado pacientes silvestres ou não-convencionais.

Esses animais se diferenciam dos cães e gatos, além de se estressarem com mais facilidade, podem ser difíceis de segurar, podendo bicar ou morder a pessoa que o manipula. A anatomia e fisiologia de animais como os répteis, aves e mamíferos silvestres também são diferenciadas, o que torna os procedimentos cirúrgicos empregados distintos.

Muitos dos exames e técnicas utilizadas precisam de maior preparo, assim a correta informação destes são cruciais para o sucesso do profissional que pretende oferecer a seus clientes um serviço pleno na clínica de pequenos animais.

Fonte: CPT Cursos Presenciais

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Conheça o Curso de Animais Silvestres e Não-Convencionais na Clínica de Pequenos Animais

Animais Silvestres- BANNER

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 3 de setembro de 2013