Conheça mais sobre a Síndrome da Disfunção Cognitiva em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Síndrome da Disfunção Cognitiva em cães (SDC) é uma doença neurodegenerativa que acomete cães idosos, ela apresenta características semelhantes à Doença de Alzheimer (DA) em humanos.

Por ser uma doença neurológica, seus sintomas normalmente são atribuídos somente à velhice, como desequilíbrio, perda motora parcial, vocalização, o cachorro pode apresentar dificuldade em algumas tarefas diárias de aprendizagem como passar a fazer xixi no lugar errado, não reconhecer objetos do seu dia-a-dia ou até mesmo estranhar pessoas próximas.

Ela acomete cães idosos, principalmente em torno de quinze e dezesseis anos, porém, há relatos de cães com onze a doze anos que apresentaram sintomas condizentes com a SDC.
Alguns cães, como cães guia de deficientes visuais e cães policiais, que necessitam da integridade total da sanidade para realizar tarefas sem grau de erro, já iniciam um controle através de testes cognitivos desde os sete anos.

Como a DA, a SDC apresenta sinais ao longo do tempo, não de uma forma aguda. E nem todos os cães idosos que apresentarem sintomas parecidos têm a disfunção cognitiva, esta tem que ser diagnosticada por um especialista.

O diagnóstico nem sempre é preciso e é realizado através de testes cognitivos comparativos, ou seja, é necessário mais de um com uma distância de tempo considerável entre os mesmos para comparação dos resultados, identificação de sinais clínicos observados pelo proprietário em casa e pelo Médico Veterinário quando estiverem na clínica, exames neurológicos, hemograma, bioquímicos, urinálise, exames de neuroimagem e necropsia. A maioria dos exames não são diretamente para diagnóstico da SDC, e sim para a exclusão de diagnósticos diferenciais, como neoplasias cerebrais e meningoencefalite granulomatosa.

Não existe um tratamento curativo, e sim paleativo, através do uso de substâncias antioxidantes na alimentação do animal ou através de suplementos e o aumento de exercício tanto físico quanto mental, com passeios e brincadeiras de identificação de objetos.

Fonte: Revista Clínica Veterinária

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

 

Conheça o curso de Neurologia Clínica em Pequenos Animais

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 20 de março de 2012

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: