Doenças de pele em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Várias doenças de pele podem acometer os cães causando prejuízos à sua saúde. Os sintomas são muitos, como falhas na pele, queda de pelos e coceira em excesso. Geralmente, os problemas dermatológicos são comuns entre os pets, mas é importante sempre verificar o sintoma e procurar tratamento, assim evita danos maiores além de conservar o bem-estar do bichinho.

A alergia a picada de pulgas é a mais frequentemente observada. As pulgas se proliferam com as mudanças bruscas de temperatura, podem ser controladas com inseticidas prescritos por médicos veterinários, ou até mesmo com anticoncepcional para pulga.

A atopia também é uma alergia comum, é conhecida como a hipersensibilidade ao ácaro, bolores e pólen. É detectada por exame de sangue específico para alergias. A terceira alergia mais comum é a alimentar, geralmente relacionada ao consumo da carne de boi e frango.

As micoses atingem os animais com menos de 1 ano de idade. Transmitida pelo contato com a terra, outros animais e objetos contaminados.

A sarna é outro tipo de alergia que pode atingir os pets. Existem dois tipos: escabiose que pode ser transmitida para outros animais e para o ser humano; e a sarna negra que é transmitida da mãe para o filhote, nas primeiras horas pós-nascimento, esse tipo não tem cura, mas pode ser controlada. Para evitar que a sarna negra seja disseminada é importante que os animais atingidos não procriem.

Para evitar qualquer tipo de problema com os animais é importante que ele seja acompanhado pelo médico veterinário com frequência, e que todos os cuidados com alimentação, higiene e vacinação sejam tomados com consciência.

 

Fonte: BluPet

 

 Aprenda técnicas de aplicação de sondas para alimentação. Veja aqui.

Saiba interpretar os principais exames laboratoriais em Pequenos animais. Clique aqui.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 20 de agosto de 2015