Hidroterapia equina e seus benefícios

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Embora o público leigo possa achar um tanto estranho, é possível que os cavalos nadem e façam hidroterapia. A prática, aliás, é cada vez mais comum pelo mundo, sobretudo em países da Europa. Desta forma, tanto para o condicionamento físico, quanto para a recuperação (tratamento), a hidroterapia vem gerando inúmeros benefícios, tais como: melhora da coordenação motora e do preparo físico, melhora psicológica, já que vários animais muitas vezes passam semanas e mais semanas em reclusão, extravasamento da energia reprimida.

Já no caso clínico, a hidroterapia, como um dos pilares da fisioterapia, vem diminuindo dores e doenças crônicas nas articulações, bem como a recuperação do pós-cirúrgico.

Mas atenção: a hidroterapia não deve ser realizada em piscina comum, para humanos, e sim em uma totalmente equipada para receber o animal, com rampas com solo de borracha, larguras e profundidades específicas, temperatura da água ideal, correias de sustentação do animal para que o mesmo não se afogue, dentre outros.

A hidroterapia necessita ainda contar com instrutores capacitados no assunto, pois somente eles poderão realizar o procedimento com segurança, com os equipamentos corretos, moderação e as devidas correções durante a atividade.   

 

Essa técnica conta com o auxilio de profissionais qualificados e atualizados no assunto. Clique e confira.

Fonte: Arquitetura Equestre

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Equinos: