Investimento em seleção genética garante lucros a pecuaristas mineiros

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O estado de Minas Gerais é o quinto maior fornecedor de sêmen de boi para o mercado brasileiro, atingindo 8,6% das vendas para a reprodução destinado a bovinos de corte.

Minas está atrás de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e São Paulo, mas os investimentos de pecuaristas mineiros, pretende mudar este panorama.

Um exemplo é o pecuarista do Sul de Minas Gerais, Paulo de Castro Marques, que busca investir de forma inovadora na criação de gado.

O pecuarista e também empresário, fundou uma empresa destinada a ofertar material genético de gado de raças vindas de outros países, como o Angus, dos Estados Unidos, e o Simental, da Europa. Ele afirma que para obter sucesso é necessário se especializar e profissionalizar com competência e destaca: “Fazemos parceria com grandes frigoríficos e mandamos nossos empregados até eles para garantir que o boi tem a nossa genética e a nossa qualidade superior de carne”.

Destaca o exemplo da venda de sêmen do touro Pioneer, um sul-africano da raça simental, vencedor de diversos prêmios, que lhe rendeu 3 milhões de reais. A dose de sêmen – equivalente a uma colher de chá – de um animal desta raça custa 280 reais.

Sua empresa possui aproximadamente 700 clientes e 1, 5 mil cabeças para seleção genética. Seu faturamento anual atinge números milionários, fruto de grande investimento.

Fonte: Cfmv

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Inseminação Artificial em Bovinos!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 29 de novembro de 2018

Artigos Relacionados com Bovinos: