Narcolepsia canina: você sabe o que é?

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um sinal simples de narcolepsia canina é sem dúvida a excessiva sonolência que o animal apresenta durante o dia.

A enfermidade, que pode também atingir humanos, consiste na alteração das atividades cerebrais, por conta da perda da hipocretina, que é um neurotransmissor que possui como uma de suas funções equilibrar a excitação.

Sendo assim, quando o animal é submetido a uma situação de estresse, que pode ser algo aparentemente pequeno, como uma buzina, campainha ou briga com outro animal, logo depois ele pode cair em sono profundo em virtude deste problema.

Por isso, o animal portador desta doença que pode está relacionada à hereditariedade, precisa contar sempre com o acompanhamento de um médico veterinário. Já o tratamento passa pelo uso de medicamentos estimulantes.

Sendo assim, no primeiro sinal de sono excessivo é aconselhável levar o animal para ser avaliado por um profissional da medicina veterinária.

Não perca tempo! Aprimore seu conhecimento na área de pequenos animais e veja as principais técnicas aplicadas nas situações de emergências com os pets. Confira aqui.

Fonte: Amamos cachorros

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Pequenos Animais: