Olhos vermelhos no pet é sinal de alerta

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os olhos vermelhos no pet é um sinal de alerta de que algo está errado, não é mesmo?

E, provavelmente você já presenciou essa anomalia algumas vezes e ficou se perguntando o que poderia ter causado o problema.

Então, essa vermelhidão pode ser o sintoma de algum tipo de infecção ou incômodo nos olhos que causa a irritação na região.

Assim como nos humanos, a região ocular dos cães e gatos é bem sensível e merece um pouco de atenção.

Continue com a gente e saiba como identificar os problemas e quais medidas podem ser adotadas.

Principais sinais de problemas oculares

– olhos vermelhos (vermelhidão);

– secreção;

– prurido (coceira);

– olhos fechados ou piscando excessivamente;

– desorientação ou insegurança;

– mudanças no aspecto dos olhos, como o aumento de volume do globo ocular.

É importante que o dono do animal fique atento a esses sinais, pois em alguns casos, podem ser indícios de um problema mais grave.

Olhos vermelhos em cães e gatos

Cães e gatos podem apresentar vermelhidão nos olhos por diversos motivos, desde problemas que envolvem as estruturas do próprio bulbo ocular ou dos tecidos adjacentes, até doenças mais graves, inclusive sistêmicas.

O sinal geralmente está associado a algum tipo de inflamação ocular como ceratites e cerato-conjuntivites. Mas também podem ser consequência de um glaucoma, catarata, doença orbital, trauma, hemorragias, uveítes e lesões na córnea.

Algumas raças de cães e gatos têm predisposição a doenças oftálmicas específicas, que podem ser congênitas (de nascimento) ou adquiridas. Cães jovens das raças Shar-Pei, Bulldog, Rottweiler, Chow Chow, entre outras, frequentemente desenvolvem alterações de conformação das pálpebras, que requerem tratamento cirúrgico.

Outra afecção comum em animais jovens que têm indicação cirúrgica é o prolapso da glândula da terceira pálpebra, que surge como uma bolinha vermelha no canto interno do olho e pode resultar em desconforto e secreção ocular excessiva.

Medidas e cuidados que podem ser adotados nos casos de problemas oculares

É importante procurar um médico veterinário que detém conhecimento na área logo que notar a alteração nos olhos do pet.

As diferentes causas do aparecimento de vermelhidão nos olhos precisam de atenção e cuidados especiais, pois algumas delas, se não tratadas rapidamente, podem levar até mesmo à cegueira. Sempre que o proprietário observar algum incômodo por parte do animal e, principalmente, se não houver causa aparente, é aconselhável levá-lo imediatamente ao médico veterinário especialista em oftalmologia, que vai recomendar o tratamento mais adequado.

Alguns cuidados podem ser adotados pelos proprietários com o intuito de evitar e amenizar os problemas como, por exemplo, a higienização dos pelos, limpeza da região ocular, evitar o uso objetos (brinquedos) pontiagudos, visitas de rotina ao veterinário, dentre outros.

Os casos de problemas oculares em pequenos animais são cada vez mais recorrentes em clínicas e hospitais veterinários e estar preparado para atuar com as mais diversas situações é o diferencial do médico veterinário.

Garantir a qualidade de vida dos pets é mais que essencial e para isso é necessário um amplo conhecimento e cautela para resultados positivos.

Quando se trata de cuidado com os pets, você, médico veterinário sabe realmente como deve agir?

Pequenos erros podem ser muito prejudiciais. Venha ser um expert nos cuidados com as principais doenças oftálmicas em cães.

Essa é a oportunidade para você se aprimorar no assunto: Oftalmologia em Pequenos Animais

O carinho que esses pequenos têm com quem cuida deles é algo realmente apaixonante. Nada mais justo do que retribuir oferecendo a eles tudo o que merecem.

E pensando em pessoas apaixonadas por cães, assim como você,  trouxemos uma super dica. No curso de oftalmologia em pequenos animais do CPT Cursos Presenciais, você encontrará toda a prática que precisa para se tornar um profissional diferenciado.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 5 de fevereiro de 2019

Artigos Relacionados com Pequenos Animais: