Ovinos – Manejo Reprodutivo

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em franca expansão, a ovinocultura, no Brasil, atualmente, tem representado uma das principais atividades no ramo da pecuária, em suas diversas ramificações, ou seja, voltada para o comércio, ou simplesmente, como atividade de elite. Entretanto, percebe-se, ainda, a falta de planejamento ao se produzirem novos reprodutores. Para tanto, torna-se imprescindível a disseminação de material genético de indivíduos zootecnicamente superiores, para que essa atividade possa se expandir, de maneira organizada, e, consequentemente, competitiva. É necessário que se percorram caminhos bem definidos, para que a ovinocultura deixe de ser apenas uma atividade periférica, e secundária nas propriedades rurais, e passe a se desenvolver de forma satisfatória e lucrativa.

As matrizes, encontradas em algumas propriedades, geralmente em baixo número, (abaixo de cem cabeças), normalmente são criadas sem um sistema de produção definido e sem foco, o que é fundamental para que seja bem sucedida essa atividade.

Em contrapartida, encontram-se, no Brasil, algumas propriedades que atuam na ovinocultura de forma bem sucedida, pois, a partir de um foco, planejaram seu sistema de produção. Quando se organiza o ciclo de produção, definem-se estações de monta, ao longo do ano, e é possível planejar o nascimento dos cordeiros, e, consequentemente, prever a desmama. Ao se optar pelo confinamento, ele será mais rentável, tendo-se os lotes de cordeiros  em épocas pré-determinadas.

Seguindo o mesmo contexto da organização prévia, no foco de objetivos a serem alcançados, encontra-se a otimização da mão-de-obra. Importante aprender com quem já sabe e faz corretamente, este deve ser o lema do produtor.

Existem alguns exemplos de países bem sucedidos na estruturação da cadeia ovinocultor-universidade-tecnologias-mercado – tais como Nova Zelândia e Austrália. Devidamente adaptados à realidade brasileira ( melhorar as condições e superar nossas limitações, na exploração de nossas riquezas), transformando, assim, o cenário brasileiro, mudando o diálogo dos produtores para uma visão mais otimista.

A partir da organização, outros segmentos de produção de carne se organizaram e se modernizaram, cumprindo metas traçadas, e hoje, contribuem com posição de destaque no nosso PIB, como a bovinocultura e avicultura de corte. Acredita-se que é possível acontecer, também, com a ovinocultura, desde que haja um sistema de organização dentro da porteira, organização das pessoas, e da cadeia produtiva.

 

Fonte: Revista Cabra & Ovelha

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Manejo Reprodutivo em Ovinos

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 1 de novembro de 2011

Artigos Relacionados com Caprinos e ovinos: