Pets possuem capacidade de discernir o certo e o errado

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um recente estudo etológico, baseado no comportamento animal, descobriu que os cães possuem a capacidade de discernir o certo e o errado.

Quem possui cachorros em casa já se surpreendeu com expressões de culpa apresentadas pelos cães quando são pegos em atitudes suspeitas.

Segundo pesquisadores da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos (EUA), a Etologia sempre foi muito cética em considerar que os animais pudessem ter senso de moralidade, ou seja, diferenciar boas ações de más ações.

A família dos canídeos, abrangendo cães, lobos, coiotes, dentre outros, possuem determinados códigos de condutas dentro do circuito social, observados já em outros estudos, por exemplo, atos de altruísmo, tolerância, perdão, reciprocidade e justiça.

No estudo em destaque, a observação de cachorros em canis, permitiu, por exemplo, fazer dois animais brincarem um com o outro seguindo um complexo código de conduta. Em jogos eles fazem movimentos cuidadosos para não machucar o companheiro e parecem “se desculpar” quando exageram um pouco.

O senso moral é algo aparentemente normal entre os cães, mas difícil de comprovar. Analisar o cérebro de animais nunca foi uma tarefa fácil, e a missão é dificultada em casos abstratos, que não são completamente compreendidos sequer em seres humanos.

 Fonte: Hype Science

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Conheça o Curso de Emergências e Pronto Atendimento em Pequenos Animais

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 21 de agosto de 2012