Prevenção de doenças em pets durante o acasalamento

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Atração sexual em cãesAntes do acasalamento dos animais é preciso que o dono leve os animais ao médico veterinário, a fim de, verificar como anda a saúde dos animais, evitando dessa forma as possíveis doenças que podem ser transmitidas durante o acasalamento.

Nos cães é comum o contágio por brucelose, que causa vários problemas de saúde, além do aborto nas fêmeas. Já entre os gatos a maior ameaça é a transmissão da Aids felina (FIV), que causa imunodeficiência e todos os sintomas em consequência disto.

O tamanho dos animais que vão acasalar também deve ser levado em consideração, uma vez que, o macho grande quando acasala com uma fêmea pequena pode gerar um filhote grande, dificultando o parto ou ate mesmo levando à fêmea a morte.

No acasalamento dos cães, o ideal que ocorra a partir do terceiro cio da fêmea, e os machos podem cruzar a partir dos oito meses. As gatas só devem começar a acasalar depois de completar um ano de idade. Em ambos é necessário o intervalo de pelo menos um cio de descanso antes de uma nova gestação.

É importante destacar que não é saudável à saúde dos animais a indução do acasalamento que não objetiva a procriação, dessa forma, a prevenção da prenhez é indicada pela cirurgia de ovariohisterectomia, ou seja, a castração.

Quais as técnicas indicadas para inseminação com sêmen fresco, resfriado e congelado?

Como proceder a inseminação com diferentes infraestruturas e equipamentos?

Médico Veterinário, conheça os melhores produtos na área de reprodução de pequenos animais.

 

 

Fonte: Blogs Band

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso de Inseminação Artificial em Cadelas

IA em Cadelas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Atualizado em: 17 de abril de 2014