Problemas dermatológicos em cães e gatos

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os problemas dermatológicos de cães e gatos já representam cerca de 40% das consultas em clínicas e hospitais veterinários.

Embora para muitos uma coceira manifestada pelo pet possa parecer algo banal, essa atitude pode ser o primeiro sinal de uma enfermidade, que se não for tratada em tempo hábil, poderá comprometer a saúde e bem estar do animal.

As dermatites alérgicas ou parasitárias, bem como as micoses e dermatoses, são algumas das mais comuns.

São vários os motivos para o surgimento destas doenças, como pulgas, carrapatos, alergias a algum produto, bactérias transmissíveis provindas de outros animais ou locais contaminados, carência nutricional, distúrbios metabólicos, estresse, lambedura em demasia, dentre outras.

As formas de tratamento aplicadas estarão relacionadas com o grau da enfermidade e a forma como o animal irá reagir.

A maioria das doenças de pele em cães e gatos podem ser evitadas com a higiene do local onde o animal passa a maior parte do tempo e também dos objetos com os quais ele entra em contato. Banhos periódicos e a escovação dos pelos são ações que amenizam a sujeira e reduzem as chances do animal se contaminar.

Médico veterinário esteja apto para atuar nesses e outros casos que são corriqueiros nas clínicas e hospitais veterinários.

Venha ampliar seu conhecimento sobre os assuntos da rotina das clínicas dermatológicas veterinárias. Confira aqui.

Fonte: Equipe Revista Veterinária

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Cirúrgica em Pequenos Animais: