Raiva mata animais no Rio Grande do Sul

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cerca de 60 animais morreram nos últimos dois meses.

Segundo a Inspetoria Veterinária de Canguçu, no sul do Rio Grande do Sul, os focos de raiva foram encontrados no interior do município de Rincão dos Maias. Foram feitos exames a partir de suspeitas após a morte de 60 terneiros e cavalos nos últimos meses.

Os exames confirmaram o foco da doença. Constatou-se que os animais contraíam a raiva depois de serem mordidos por morcegos xipófagos.

De acordo com o chefe da inspetoria, Moacir Marques D'Ávila, foram encontrados alguns morcegos em grutas da região. Para acabar com o foco, foi usada uma pomada anticoagulante nos animais capturados, que ao retornarem para as furnas acabam matando os demais morcegos.

A recomendação de D'Ávila é que os proprietários de animais vacinem os mesmos contra raiva o quanto antes, já que a dose leva mais de 12 dias para fazer efeito.

– Não adianta vacinar com o animal doente, porque depois de mordido ele vai morrer da mesma forma – salienta o veterinário.

Os animais infectados devem ser incinerados para evitar a contaminação do solo. A inspetoria informa que o foco de raiva já está controlado.

Fonte: Zero hora

Adaptação: Revista Veterinária

 

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Equinos

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 2 de junho de 2011

Artigos Relacionados com Equinos: