Ruptura do ligamento cruzado cranial em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os ligamentos cruzados são estruturas encontradas na articulação do joelho e que ajudam na estabilidade desta articulação. São encontrados os ligamentos cruzados cranial e caudal. O ligamento cruzado cranial está diretamente relacionado ao movimento articular, sendo ele o responsável por limitar a rotação interna e consequentemente a hiperextensão do joelho.  

O ligamento pode sofrer uma ruptura completa ou parcial. Quando na ruptura completa a articulação apresenta-se instável, enquanto que na parcial a instabilidade é secundária. Em ambos os casos, as articulações exibem em pouco tempo alterações degenerativas. O ligamento cruzado cranial é o mais acometido enquanto que a ruptura do caudal está associada à ruptura do cranial.

Os animais mais susceptíveis a esta patologia são os cães de raça grande e jovens, e geralmente ocorre a ruptura durante o exercício. A forma mais comum de ruptura do ligamento cranial é por meio da rotação súbita da articulação do joelho, levando a uma torção dos ligamentos sobre si mesmos ou um sobre o outro.

Na clínica veterinária, o diagnóstico de ruptura do ligamento cruzado advém de uma anamnese consistente e minuciosa onde existe queixa de claudicação associada a exame clínico que mostra movimentação anormal da tíbia em sentido cranial, associada à efusão articular.

Os Médicos Veterinários que trabalham com a clínica de pequenos animais devem estar atento ás técnicas de diagnóstico assim como as técnicas cirúrgicas de reparação dos ligamentos.

 

Veja dicas de ortopedia em pequenos animais e aprimore seu conhecimento nessa área que vem crescendo no mercado. Clique aqui.

Fonte: Scielo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Cirúrgica em Pequenos Animais: