Tremores musculares em cães

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem nunca se deparou com um cão tremendo? Esta reação extremamente comum tem várias razões. Algumas podem ser resultados de situações corriqueiras, outras podem revelar algo mais sério. Por isso, a informação pode ser uma grande aliada neste momento, pois entender o motivo pode inclusive salvar a vida do animal.

Um dos motivos pode ser simplesmente o frio, como acontece com todos os seres vivos diante de baixas temperaturas. Neste caso, garantir um local onde o cão possa estar aquecido será o suficiente para sanar o problema e uma obrigação do proprietário do animal.

A febre é também um fator que contribui para as tremedeiras. Neste caso é aconselhável buscar um médico veterinário para avaliar a temperatura, por meio de um termômetro.

Outro fator é a medicação, que pode contribuir para este tipo de reação. Para isso é importante que se leia a bula para conferir as reações adversas.

A artrite pode gerar também tremores, sendo que nestes casos é aconselhável seguir o tratamento apropriado e deixar o animal em repouso.

A lista de possíveis motivos, desta forma, é grande, sendo que dores, problemas musculares, razões emocionais e psicológicas, velhice, intoxicações e hipoglicemia também podem fazer o cão tremer.

Diante destes sinais é aconselhável levar o animal a um médico veterinário, pois o tremor, em alguns casos, pode também significar doenças muito graves.

Há também várias enfermidades perigosas que podem desencadear esta reação, como a encefalite dentre outras doenças neurológicas.  Estas, para serem identificadas, necessitam de exames mais elaborados como a radiografia e conta com a presença de um profissional altamente especializado.

 

Agora você já sabe as razões pelas quais um cachorro tem tremores, é importante que sabia também quais são os métodos utilizados para o diagnóstico. Clique e confira.

Fonte: Meus Animais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Artigos Relacionados com Clínica Médica em Pequenos Animais: