UTI em Pequenos Animais: Alguns problemas de saúde exigem um atendimento médico rápido

  •   
  •   
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Alguns problemas de saúde exigem um atendimento médico rápido. No caso dos cães e gatos o principal sinal de urgência para que sejam levados para UTI são:

  • Insuficiência respiratória (edema pulmonar, cardiopatia, pneumonias) ou desmame respiratório pós-cirúrgico;
  • Animal politraumatizado para estabilização e controle de dor nos diferentes estágios pós-trauma com analgesia contínua, intermitente, epidural e espinhal;
  • Estabilização de doenças metabólicas e indução de coma em pacientes com hipertermia maligna e controle do “estado epilético” (crises de convulsões seguidas);
  • Transfusões de hemocomponentes e prevenção de possíveis reações adversas;
  • Estabilização de pacientes com instabilidade hemodinâmica e com necessidades de fármacos vasoativos;
  • Pacientes terminais, fornecendo cuidados paliativos quando o conforto e carinho são o tratamento indicado.

 A emergência na medicina veterinária vem recebendo cada vez mais atenção especializada por parte dos profissionais. Seu objetivo principal é a sobrevivência primária do paciente nos instantes que seguem sua entrada no pronto atendimento. Entretanto, após a estabilização do paciente por meio de procedimentos padronizados que consistem no suporte básico e avançado de vida, o mesmo precisa receber cuidados intensivos para que possa ter suas chances aumentadas de alta hospitalar.

O suporte de terapia intensiva, portanto, tem o principal objetivo de manter o paciente o mais estável possível para que o mesmo tenha condições de se recuperar e voltar às suas atividades cotidianas. Para alcançar este objetivo, os cuidados intensivos visam criar condições de monitorização e estabilização dos parâmetros hemodinâmicos e respiratórios.

Fontes: Petcare e CPT Cursos Presenciais

Adaptação: Revista Veterinária

Conheça o Curso UTI em Pequenos Animais: suporte hemodinâmico

 

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  


Atualizado em: 4 de janeiro de 2013